Páginas

domingo, 21 de agosto de 2011

O valor Medicinal das Frutas

Abaixo segue os valores medicinais das frutas:

Amora negra - A casca da raiz é vermífuga e purgante. O xarope, em gargarejo, é indicado nas inflamações da garganta e da boca. Também atua no controle da diarréia.



Ameixa - As novas, os frutos maduros, frescos ou secos, são laxativos. O licor de ameixa é digestivo, podendo ser obtido pela cocção de frutos, cujo suco é filtrado e adicionado de álcool 90º e açúcar. A infusão, obtida de frutos secos ao forno, com mel, é indicada para o resfriado e a tosse. Para eliminar vermes de crianças é indicada um cataplasma, obtido da mistura de um punhado de folhas secas, com algumas colherinhas de fuligem, fazendo uma pasta e aplicando sob o ventre.

Amêndoa - A amêndoa amarga tem propriedades anti-espamódicas e a amêndoa doce é laxativa, purgativa e emoliente. Pode ser feitio decocção de leite, emulsão ao avo e pós (estes para frieiras). 
Avelã - As folhas secas e o óleo extraído da avelã, podem ser comprados nas farmácias e são úteis nas inflamações do intestino e como depurativo e detergente nas feridas.

Cacau - A manteiga de cacau, obtida pela torrefação e moagem das sementes, tem largo uso nas rachaduras da boca e nas hemorróides. Também usada para tirar mancha do rosto.

Caju - A casca do cajuzeiro, em decocção em água quente, serve para retirar o cansaço dos pés e frieiras.

Cajá - A decocção da casca é indicada para aliviar inchaços e irisipelas dos pés. 0 fruto é adstringente e tem ação nas anginas.

Caqui - A infusão obtida de folhas em água fervente e adoçada serve para gastroenterite de crianças. A infusão com mel e gengibre também serve para diminuir a excitação e a insônia. O fruto é laxativo.

Cerejeira - A decocção de pedúnculos secos e frutos é indicada como reconstituinte, nas artrites, dores do baço e gotas.

Figo - O fruto e as folhas da figueira têm uma série de utilidade como medicinais, tais como inflamações na garganta e na boca, para calos e verrugas, compressa contra ciática, para prisão de ventre, picadas de abelhas e sardas. Para gripe, tosse e resfriados, usar a decocção em 250g de leite, 20g de figos secos, com uma colher de mel, ferver e tomar, depois de filtrar. Para verrugas, banhar com o seu leite, três vezes ao dia. Para ciática, untar 150g de figo seco em álcool, adicionado de 15g de mostarda em pó e 15g de farinha de milho. Dois dias depois de preparada, aplicar com azeite a compressa, por duas horas, na região dolorida

Goiaba - Para controle de diarréia em criança é indicado o decocto das folhas e da casca.

Groselha - Os frutos são considerados diuréticos e contra as fecções intestinais, e cutâneas. O suco da groselha fortalece as gengivas. 

Graviola - As folhas moídas com óleo de oliva serve para se fazer fricções para nevralgia e reumatismo.

Jabuticaba - O decocto da casca é indicado contra asma.

Limão - O suco puro de um até dez limões por dia, em doses progressivas, é um método de controle de uma centena de pequenas enfermidades, tais como: tosses, amigdalite, febres, catarros, inflamações, desarranjos intestinais e outros. Da casca pode ser feito um chá, ou infusão, decocção, bem como do suco, os quais tem ampla aplicação medicinal.

Laranja - A infusão é usada como anti-espamódica, usando-se 3g de flores em uma xícara de água fervente. Das folhas a infusão serve para acalmar, bem como do fruto maduro, quando bebido frio, para diminuir a febre. Da laranja azeda se faz o famoso licor de curaçáo.

Maçã - Vários preparados de maçã, do fruto e mesmo da casca do tronco tem propriedades medicinais, tais como combate à febre, resfriado, desintoxicação, e outros. O líquido obtido da fervura de 50g da casca da macieira, por 20 minutos, filtrado, age contra a leucorréia

Maracujá - a decocção das folhas é diurética. Compressas de folhas maceradas aliviam os tumores e hemorróides. O suco é calmante

Marmelo - as folhas, frutos e as sementes do marmelo possuem propriedades adstringentes, calmantes e emolientes, quando preparadas em chás ou decoctos.

Moranguinho - pode ser utilizado como adstringente, diurético bem com em feridas da pele.

Pitanga - A infusão ou decocção das folhas são estimulantes, contra a febre e anti-reumáticas. Também indicadas contra diarréia. 
Pessegueiro - O suco de pêssego é diurético. A infusão com folhas de limão é indicada para ajudar na digestão. A infusão de flores, bebida em xícara antes das refeições é boa para tratamento de úlceras intestinais. O cataplasma de folhas novas serve para curar erupções na pele.

Romã - todas as partes da planta as romãs podem ser usadas no medicamento. Contra inflamações na boca e garganta é indicada a infusão de flores. O xarope da polpa do fruto é diurético. Para cólicas e diarréias, a decocção da casca, com mel é indicada.

Sapoti - A casca em chá ou decocção é usada contra febre e tem efeito adstringente.
Tamarindo - o chá da polpa do fruto é indicado para controle de febre e é calmante. A polpa também é adstringente e refrigerante. A decocção é indicada para curar prisão de ventre, usando-se 10 g de polpa do fruto em meio litro de água, bebendo duas xícaras ao dia.

Uva - a infusão de folhas e gavinhas é indicada para as inflamações internas e também dos olhos.


Ricely Fernandes
Abacaxi -
O suco do fruto "de vez" é diurético. Contra catarro e tosse é indicada o suco com mel, quente.
Abacate -
Há informações que os indígenas da América, onde se originou o abacate, o usavam como meio de aliviar a dor de cabeça, pela compressa de suas folhas quentes. O cataplasma da semente em leite é usado como remédio para as inflamações dos dedos. O chá das folhas é indicado como diurético.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Suco para Enxaqueca

Esse suco é uma boa opção para a enxaqueca pois:

o alho auxilia a digestão e colabora para eliminar toxinas. Rico em sódio, o aipo hidrata, ajuda a acalmar e diminui a dor porque colabora com a circulação sangüínea. Já a salsa auxilia a digestão.




Ingredientes:

4 cenouras
1 dente de alho
2 talos de aipo
1 punhado de salsa
1 copo de água (200 ml)


Modo de preparo:

Bata no liquidificador todos os ingredientes, se desejar bata com dois cubos de gelo. Sirva logo após o preparo.

Ricely Fernandes

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Blog de Férias !!!

O Blog NUTRY MANIA, vai sair de férias, rsrsrs...

Mas irá voltar dia 25/07/2011 com muitas novidades, dicas de saúde, beleza e alimentação.

Tour pela Europa...


PORTUGAL




PARIS




LONDRES




Até a volta

Beijos Ricely Fernandes

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Como ter uma Boa Noite de Sono???

O sono é um período de descanso para o corpo, sendo fundamental para as suas funções biológicas. É uma atividade noturna e seu tempo de duração varia de pessoa para pessoa, sendo de maior duração na infância, diminuindo com a idade. A qualidade do sono tem um enorme impacto sobre a nossa vida diária. Um sono deficiente ou desordenado poderá afetar o trabalho e a concentração. Durante o sono, corpo e mente se recuperam, fazendo com que as pessoas se sintam descansadas pela manhã. Especialistas confirmam que a dieta influencia no processo do sono, tanto sentir fome quanto comer em demasia podem atrapalhar o sono e causar desconforto e insônia.

O que é a Insônia?
 
A insônia é caracterizada pela incapacidade de conciliar o sono e pode manifestar-se em seu período inicial, intermediário ou final. A insônia pode ser resultado de ansiedade, depressão, estresse ou pode ser de causa patológica (doença). Superar a verdadeira causa destes distúrbios é essencial para melhorar a qualidade do sono, mas é importante observar a nutrição e os hábitos diários. Os indivíduos com este distúrbio, às vezes, utilizam medicamentos de maneira inadequada: hipnóticos ou álcool para ajudar com o sono noturno, ansiolíticos para combater a tensão ou ansiedade, cafeína e outros estimulantes para combater a fadiga excessiva. Em alguns casos, este tipo de uso de substância pode progredir para "abuso de substância" ou causar dependência dessa substância, e também podem causar efeitos colaterais, como falta de concentração durante o dia.
 
Quais são as causas da insônia?
 
Muitos são os fatores que podem levar a insônia, como por exemplo, preocupações, ingestão excessiva de cafeína, supressão de tranqüilizantes ou álcool podem perturbar os padrões normais de sono. Tanto sentir fome como comer em demasia podem atrapalhar o sono e causar desconforto e insônia. Fazer um lanche leve na hora de pode provocar sonolência. Também são causas de noites mal dormidas além do consumo de café e de álcool, a pratica de exercícios antes de dormir, horários irregulares de sono, medicamentos estimulantes, e períodos de estresse mental.
 
 

O que a alimentação pode fazer pelo sono
 
O triptofano, um aminoácido essencial, é o indutor natural do sono. Ele aumenta a quantidade de serotonina, um sedativo também natural do cérebro. É por isso que um dos remédios caseiros mais conhecidos para a insônia é tomar antes de dormir uma xícara de leite morno, pois contém triptofano, com uma colher de chá de mel, que é um carboidrato simples, pois os carboidratos facilitam a entrada do triptofano no cérebro. Por outro lado, consumir alimentos gordurosos antes de dormir, além de provocar azia e má digestão podem causar um sono inquieto.
 
Algumas mudanças simples nos hábitos alimentares podem ajudar realizar um sono tranqüilo:

• Bebidas estimulantes, tais como: chocolate, café, chá preto ou mate, guaraná, refrigerantes à base de coca, devem ser evitados próximo ao horário de dormir, sendo ideal não ingerir estes alimentos e bebidas pelo menos quatro horas antes do sono. Estes alimentos são fonte de substâncias como a xantina e cafeína, que estimulam o sistema nervoso central;
• Tome um copo de leite morno. O leite contém o aminoácido triptofano, que relaxa os músculos e induz o sono;
• Diminua a ingestão de alimentos gordurosos e/ou não ingerir grande quantidade de alimentos, pois facilitará a digestão, favorecerá o sono e evitará que as calorias desses alimentos sejam armazenadas na forma de gordura, uma vez que à noite o metabolismo é mais lento;
• Evite ingerir alimentos condimentados como molhos gordurosos e temperos fortes;
• Consuma chás de ervas (descafeinados);
• Evite altas doses de bebidas alcoólicas;
• Consuma doses moderadas de carboidratos (torrada, pão, aveia) associados a um copo de leite.
 
DICAS GERAIS PARA DORMIR BEM:
 
• Para descansar bem durante a noite, o quarto deverá estar às escuras e silencioso.
• Não deve levar as suas preocupações para a cama.
• Não se habitue a tomar comprimidos para dormir.
• Não faça exercícios físicos antes de se deitar.
• Tome um banho quente e relaxante.
• Estabeleça horários fixos para se deitar e acordar.
• Use roupa de dormir leve, confortável e aconchegante.
• Tenha cuidado com o ambiente que não deverá ser demasiado frio, quente ou úmido.
• Escolha uma cama nem demasiado dura nem demasiado mole.
• Se tiver dificuldade em adormecer, não permaneça na cama, aumentando a ansiedade e frustração: levante-se e leia ou ouça música calma.
 
Ricely Fernandes

domingo, 19 de junho de 2011

Chá de quê? E pra quê?


Vários estudos foram já realizados, e muitos outros são agora desenvolvidos, sobre os vários benefícios que cada tipo de “chá” pode trazer para a saúde. Há infusões de plantas que têm uma ação calmante, outras diurética, outras ainda digestiva. O chá contém flavonóides, que agem como antioxidantes – e vários estudos mostram que estes componentes podem ajudar a prevenir o aparecimento de várias doenças.

A investigação científica relativa aos eventuais benefícios do chá na saúde encontra-se ainda numa fase preliminar, pelo que é difícil saber exatamente quais os benefícios que poderão advir para a sua saúde dependendo da quantidade de chá que se beber.
Os tipos mais comuns de chá são:

Chá Preto: tipo preferido nos países ocidentais é produzido pela secagem e fermentação das folhas.

Chá Verde: este é o preferido dos países asiáticos, é colocado no vapor e não é fermentado.

Alecrim: ajuda a aliviar os gases e cólicas.

Camomila: é usado como calmante, auxilia a digestão e alivia as cólicas menstruais.

Dente-de-leão: o chá desta erva é considerado diurético.

Erva-cidreira: é utilizado como calmante.

Erva-doce: ajuda a aliviar irritações no estômago.

Fruto da roseira: rico em vitamina C, seu chá pode substituir o suco de laranja.

Hortelã: tem ação refrescante e estimulador da digestão.

Sabugueiro: o chá de sabugueiro alivia os sintomas de gripes e resfriados.

Tomilho: é recomendado para problemas gastrointestinais, além de aliviar a congestão pulmonar.

Boldo: possui sabor amargo. É indicado para dores do estômago e problemas no fígado.

Chá de carqueja: utilizado também em casos de perturbações gástricas ou para fins curativos.

Cravo da Índia: é um poderoso estimulante e possui efeitos digestivo, afrodisíaco e depurativo. Também combate as dores de dente.

Chá branco: Derivado da camélia sinensis, mas feito somente a partir de botões de flores da planta, que praticamente não passam por tratamentos que minimizam suas propriedades. Tem poder digestivo e ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, além de controlar o colesterol e auxiliar na perda de peso. Tem efeito antioxidante e é aliado no controle do envelhecimento precoce das células. Também previne cáries e tem ação antigripal. É estimulante por conta das altas taxas de cafeína.

Erva-mate: tem poder excitante, tonificante, diurético, digestivo e laxante, além de ativar a circulação e melhorar distúrbios estomacais e hepáticos.

Laranjeira: Seu uso ameniza a ansiedade e a depressão, além de estimular o sono.

Lavanda: Ajuda a combater a ansiedade e a insônia, sobretudo por conta de seu aroma.

Limão: Utilizado para amenizar gripes e febres, também é empregado contra má digestão, gases, diarréia, insônia, conjuntivite e nas inflamações bucais e de garganta.

Maracujá: Tem efeito sedativo, diurético e calmante, além de melhorar a ansiedade e a insônia.

Macela: É usada contra cólicas, diarréias e perturbações gástricas. Também atua como calmante e combate distúrbios menstruais e dor de cabeça de origem gástrica.

Melissa: É auxiliar na melhora da ansiedade e combate a formação de gases e a má digestão.

No Brasil o chá mais comum é o tipo mate, que é tomado gelado ou quente por todo o país, no Sul, é chamado de chimarrão, e usam-se as folhas verdes.


Ricely Fernandes

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Como não ganhar gordurinhas indesejáveis no Inverno

A chegada do inverno sempre nos traz algum sinal de introspectividade. Precisamos de calor e vamos procurar nas companhias, nos programas aconchegantes, nas calorias, já que estamos gastando um pouco delas para manter a temperatura corporal.

Produzir calor para manter a temperatura corporal é queimar calorias e por isso temos o aumento de do apetite e a procura por alimentos mais calóricos. Precisamos conciliar o prazer de fazer os deliciosos programas de inverno sem, no entanto, perder a forma.
A grande maioria dos pratos da estação faz uma combinação perigosa , a associação de muito carboidrato com gorduras. Vale a pena lembrar que esta última, além de muito calórica, pode aumentar o colesterol total e o sempre repudiado LDL colesterol, responsável pela adesão de placas gordurosas nas paredes de veias e artérias.

Os caldos, pratos típicos e muito consumido no inverno, são feitos à base, quase sempre, de carboidrato e uma gordura que normalmente vem associda a carne, que compõe o prato como a vaca atolada, a canjiquinha, o mocotó e outros.

Outro prato bastante comum e requintado são os fondues. À base de carne frita recobertas com molhos, quase sempre a base de gorduras ou de queijo fundido ou frutas recobertas de chocolate, é um prato requintado, de ritual aconchegante e sempre acompanhada de vinho. Vale lembrar que o álcool fornece 7 cal por grama e o vinho, quando tinto, pode combater radicais livres, prevenir a aterosclerose, e, dependendo da quantidade consumida, pode tornar-se vilão por ajudar no aumento da oferta calórica.

Algumas atitudes podem manter o prazer dos programas e das comidas de inverno sem, no entanto, perder a forma. Procure comer caldos que tenham carnes magras. Use lombo suíno limpo de gorduras, filé de peito de frango ou carne bovina magra como patinho ou músculo. Procure comer até um prato fundo. Prefira bebidas destiladas que combinam com a estação, possuem maior valor calórico, mas por ter alto teor alcoólico, consumimos em menor quantidade.
Evite os chocolates. Quando consumir, coma-os sozinhos, sem outros alimentos juntos, e em quantidades de 30 g (1 diamante negro, 1 talentinho, etc.) ou, para melhorar ainda mais, 1 barrinha de cereal que tenha chocolate.

 
Alimento Calorias
Taça de vinho
127,5
Garrafa de vinho 750 ml
637,5
Cachaça dose 50 ml
115
Uísque
120
Vaca atolada
410
Vaca atolada de frango
250



Algumas dicas nutricionais para aproveitar o inverno:


Use e abuse das sopas de legumes; estas podem ser preparadas a base de vegetais e legumes cozidos. As folhas como agrião, espinafre e repolho podem ser base para os tipos mais leves. Use ervas para dar o sabor final e cenoura para dar consistência mais grossa.
Chás de frutas e folhas como maçã, laranja, morango, hortelã, mate, camomila, erva-cidreira e erva-doce são opções saborosas e quentinhas para o inverno.
Cuidado com as sopas cremosas que contêm muitas calorias e gorduras. Evite as que contém creme de leite.
Faça exercícios regularmente.



Ricely Fernandes


quinta-feira, 16 de junho de 2011

Vantagens do Consumo das Nozes

As nozes são muito comuns no período natalino. Mas essa frutinha possui inúmeras vantagens  para o organismo e acabaram conquistando “a mesa” durante todo o ano!

Conheça aqui as principais vantagens dessa fruta oleaginosa:

Riquíssima em antioxidantes, previne o envelhecimento precoce. Elas possuem duas vezes mais antioxidantes que qualquer outra fruta oleaginosa.

Rica em vitamina E e selênio, as nozes funcionam também como agentes de prevenção do câncer.

Contém  fitoestrogênios – também encontrados na soja – que reduzem problemas relacionados à menopausa. Além disso, o fruto é rico em cálcio, fundamental para a saúde dos ossos.

E não acabou: ela é um dos itens com maior teor de vitamina B6. Só o germen de trigo, a sardinha e o salmão, ganham das nozes nesse quesito. Essa vitamina atua no bom funcionamento do cérebro e na produção de glóbulos vermelhos.


Bastam cinco nozes (28 gramas) ao longo do dia para você usufruir de todas essas vantagens e garantir uma pele jovem e bonita. 

Cinco nozes tem cerca de 193 calorias, e pode ser usada no lanchinho do meio da manhã. A gordura das nozes vai diminuir um pouco a sua fome de leão no almoço. Mas não exagere no seu consumo.

Descasque-as sempre na hora de serem consumidas. As nozes moídas antes perdem mais rápido seus nutrientes. Coma sempre as que estiverem docinhas e se o sabor for amargo, elas estão oxidadas e não devem ser consumidas.

Ricely Fernandes

terça-feira, 14 de junho de 2011

Dicas: Alimentos Amigos do Colesterol

O colesterol até pouco tempo era encarado como um mal para o organismo. São atribuídas a ele, quando em excesso, as doenças cardiovasculares. O que é verdade. Entretanto essa gordura – essencial para a vida passou a ser vista de forma positiva.

Não podemos viver sem o colesterol

O colesterol é responsável por todas as membranas que envolvem as células e auxilia nos processos de metabolismo. Também é necessário para o crescimento e regeneração celular e, além de estar presente no sangue e em todos os tecidos, colabora com a produção dos hormônios sexuais e do cortisol.

O bom e o mau


Para entender porque essa substância é tão importante para o organismo e, ao mesmo tempo, pode ser tão prejudicial é preciso saber que há dois tipos diferentes de colesterol: o bom e o ruim.

O colesterol bom, chamado de HDL (do Inglês, High Density Lipoproteins) protege o organismo, recolhendo o colesterol ruim depositado nos vasos sanguíneos para ser eliminado pelo fígado.

O ruim, LDL (do Inglês, Low Density Lipoprotein) é aumentado por fatores como erro alimentar e excesso de peso e, geralmente, está associado a outros fatores de risco como diabetes, tabagismo e pressão alta. Quando presente em grande quantidade no organismo pode provocar o entupimento das artérias – aterosclerose, responsável por problemas cardiovasculares como infartos e derrames.

O excesso de LDL no sangue gera o acúmulo de placas de gordura nas artérias. E quanto maior o acúmulo de gordura, maiores as chances de sofrer problemas cardiovasculares.
O principal determinante do colesterol é genético. Isso quer dizer que a pessoa pode ter uma dieta rica em gorduras e o nível de LDL no sangue ser baixo porque seu fígado consegue eliminar o excesso de forma adequada. Por outro lado, alguém com uma dieta equilibrada pode ter os níveis altos porque o organismo não é capaz de eliminar tão bem as gorduras. Por isso é errado afirmar que só obesos tem colesterol alto.

Alimentos do bem

Tanto o colesterol bom quanto o ruim fazem parte do nosso organismo. Os 70% do colesterol que circulam pelo sangue são sintetizados pelo organismo e os outros 30% vêm da alimentação.

E para colaborar com a eliminação do excesso de colesterol pode-se consumir alimentos considerados amigos do HDL. Há alimentos que além de combaterem o colesterol ruim, colaboram para aumentar os níveis do bom.


Fibras

As solúveis, como o farelo de aveia, ajudam a reduzir os níveis de LDL no sangue. Também são encontradas fibras solúveis na aveia, nos feijões, nas ervilhas, nas frutas cítricas e nas maçãs.

Morango e cereja

Ajudam a combater os radicais livres, o que melhora o funcionamento do sistema cardiovascular.

Uva vermelha

Possui grande quantidade de quercetina – antioxidante que auxilia no aumento do bom colesterol.

Jabuticaba e amora

As antocianinas – pigmentos presentes em frutas de coloração roxa e vermelha – têm ação antioxidante que traz importante contribuição para o sistema circulatório. Na jabuticaba, o antioxidante é encontrado apenas na casca.

Berinjela

Com alto teor de fibras, colabora com a diminuição da gordura que circula pelo sangue. É também rica em flavonoides, antioxidantes que dificultam a formação das placas de gordura nas artérias.

Azeite

O tipo extravirgem reduz os níveis de colesterol ruim e aumenta o colesterol bom. Dessa forma, previne doenças cardíacas e aterosclerose. É fonte abundante de gordura monoinsaturada, considerada a mais benéfica para o coração.

Abacate

Assim como o azeite é rico em gordura monoinsaturada que age como antioxidante, bloqueando o colesterol ruim.

Salmão, sardinha e atum

Ricos em ômega-3, ácido graxo que auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares porque inibe a coagulação sanguínea e a formação de plaquetas, além de controlarem o colesterol e os triglicérides.

O cardápio ideal

Nós nutricionistas  recomendamos bom senso na hora das refeições: evitar o consumo de gorduras saturadas e trans, preferir óleos vegetais para cozinhar, consumir menos carnes vermelhas, principalmente as gordas.

Segue um exemplo de cardápio saudável. É uma dieta com 2.000 calorias, recomendada para um adulto saudável.


Desjejum

  • ½ mamão com aveia
  • 1 copo de suco de uva
  • 1 xícara de leite desnatado ou semidesnatado com café
  • 2 fatias de pão integral com ricota

Lanche da manhã

  • 1 maçã
  • 2 castanhas do Pará

Almoço

  • Salada de folhas verdes regada com 1 colher (sopa) de azeite
  • 3 colheres de sopa de arroz integral
  • 1 concha de feijão
  • 3 colheres (sopa) de verdura refogada
  • 1 filé de salmão grelhado
  • 1 potinho de salada de frutas

Lanche da tarde

  • 1 copo de suco de soja

Jantar

  • Salada de folhas e legumes regados com 1 colher (sopa) de azeite
  • 3 colheres (sopa) de arroz integral
  • 3 colheres (sopa) de berinjela refogada
  • 1 filé de frango grelhado
  • 1 pote com morangos

Ceia

  • 1 copo de leite desnatado
  • 3 biscoitos integrais



Ricely Fernandes

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Emagreça Feliz

Com algumas estratégias simples na forma de agir e pensar, você consegue ser mais resistente aos alimentos que colocam em risco a sua saúde e evitar que erros alimentares atrapalhem o seu processo de emagrecimento.
Lembre-se que você não ganhou peso de uma hora para outra, por isso a perda de peso não deve ser rápida. Na luta contra a balança, o segredo é o tempo: quanto mais demorado, melhor.
Recomenda-se uma perda de meio quilo por semana para um adulto, sendo apenas 2 kg por mês, o que equivale a 24 kg em um ano.

Sendo assim, preste atenção nas dicas a seguir que irão lhe ajudar

  • Aja agora. Não espere que as coisas caírem do céu. Não adianta querer “ser emagrecida”. Por mais que tenha auxílio, você é a única responsável pelas mudanças a serem tomadas.
  • Seja realista. Tenha expectativas possíveis em relação ao processo de emagrecimento. Cuidado com os falsos padrões de beleza, inatingíveis para a maioria.
  • Encare um dia por vez. Pensar no peso total a se perder pode ser angustiante, portanto crie várias metas durante a perda de peso e tenha paciência.
  • Conserve o ânimo. Bom humor é essencial para conseguir qualquer coisa na vida, especialmente perder peso.
  • Concentre-se na comida. Na hora da refeição, desligue a televisão e feche o jornal. Isso favorece a digestão e a saciedade.
  • Mantenha-se firme. Você está no comando do seu corpo e não o contrário e que vale a pensa ser firme na decisão de emagrecer, pois os benefícios são inúmeros.




Ricely Fernandes

sábado, 4 de junho de 2011

Limão, um aliado a sua saúde

O limão é um poderoso aliado da saúde, ajuda a combater várias doenças e prevenir outras. No entanto, tendemos a repudiá-lo, quando pensamos no seu gosto azedo, e a minimizar as suas virtudes, tanto na manutenção e recuperação da saúde, quanto ao seu valor nutricional e possibilidades múltiplas de utilização culinária.
Esta atitude se instalou pela suposição de que ele é agressivo para o estômago, que pode acidificar o sangue, descalcificar e enfraquecer o organismo... Isso é MENTIRA.
No Brasil, as variedades mais conhecidas são: limão-tahiti, limão-cravo, limão-galego e limão siciliano. Uma das importantes ações do limão está relacionado a substância chamada d-limoneno, presente na casca do limão, um princípio ativo, que ajuda a combater a ansiedade, a depressão ou o cancro, para além de dissolver cálculos renais e desentupir as artérias.
 
Através de estudos prolongados, constatou-se que o uso do limão estimula a produção do carbonato de potássio no organismo, promovendo a neutralização de acidez do meio humoral. Efetivamente, apesar de no estado livre ter como princípio ativo o poderoso ácido cítrico, este, em contacto com o meio celular, no interior do nosso organismo, é transformado durante a digestão e comporta-se como um alcalinizante, ou seja, um neutralizante da acidez interna. Os seus diversos sais, por seu turno, convertem-se em carbonatos e bicarbonatos de cálcio, potássio, etc, os quais concorrem para acentuar positivamente a alcalinidade do sangue.
Um dos efeitos notáveis do limão é, por exemplo, o de combater o ácido úrico - temível inimigo (tantas vezes letal) de muitos cidadãos quando chegam a uma idade mais "respeitável".

Seu uso Interno (como também externo) é muito útil na regeneração dos tecidos inflamados das mucosas, reconduzindo ao estado e funcionamento normal de todos os órgãos do aparelho digestivo. Nas afecções gastro intestinais, os ácidos do limão destroem os germes e as bactérias nocivas que se libertam e que contribuem para gerar as ulcerações. Ainda combate as fermentações e os gases.

É um amigo do pâncreas e, malgrado certas apreensões quanto a supostas incompatibilidades com o sistema bilioso, revela-se um expurgador e um tonificante do fígado e da vesícula.
Relativamente ao aparelho genito-urinário, bem como ao sistema cardiovascular, é igualmente um poderosíssimo eliminador de toxinas e um tônico privilegiado. Tem, assim, ação que impede e neutraliza a proliferação das tão temidas afecções arterioscleróticas.

Gargarejos do seu suco fresco são benéficos para todos os tipos de afecções do trato nasofaríngeo, bem como para laringites e gengivites. Inalado (puro ou diluído), é um bom desinfetante nas rinites e sinusites.
Além disso, não podemos esquecer de citar quais são as riquezas que a fruta oferece em termos químicos, como, a  fruta é extremamente rica em vitamina tipo C, sais minerais (fósforo, cálcio e ferro), possui baixo teor de calorias, 100 gramas de limão possui aproximadamente 25 calorias. O limão deve ser, portanto, um elemento indispensável no cotidiano, devendo ser consumido moderadamente.
É importante ter em conta que todos esses beneficios só são obtidos com o consumo ou uso na doses certa, pois quando utilizado em excesso, justamente por ter principios ativos muito poderosos, o limão tende a produzir efeitos adversos, como gastrites, irritação, alergias, queimaduras e desgaste do esmalte dentário.
 


Ricely Fernandes